Siga o José Anibal
nas Redes Sociais

Busca

buscar

Newsletter

enviar

Videos

Primeiro pronunciamento na Tribuna do Senado Federal em 2017

Em meu primeiro discurso na Tribuna do Senado em 2017, comecei falando sobre a grave crise de segurança que abala o Espírito Santo em decorrência da greve da Polícia Militar. Essa greve afeta um dos principais fundamentos constitucionais, o direito de ir e vir das pessoas. A população daquele Estado vem sendo submetida a uma espécie de toque de recolher. A situação é gravíssima e não pode continuar. Tanto o Ministério Público Federal quanto a Polícia Federal devem atuar para investigar e punir policiais militares envolvidos nessa greve que a corporação está promovendo. Também falei sobre o ciclo de debates promovido pelo Instituto Teotônio Vilela e pela liderança do PSDB na Câmara dos Deputados sobre os desafios da hora que precisamos enfrentar aqui no Congresso. Foram três reuniões. Sobre reforma tributária; reforma trabalhista e reforma previdenciária. Na primeira conversa, ficou claro mais uma vez que o sistema tributário brasileiro é uma anomalia. Ele é um sistema, primeiro, perverso – os que ganham menos são os que pagam mais proporcionalmente. Segundo, é um sistema totalmente frankenstein e rinoceronte, pois foram fazendo um pedaço aqui, outro dali, e virou um bicho que já não se consegue identificar muito bem o que é. Outro grande desafio é a nossa legislação trabalhista. Trata-se de uma legislação que foi elaborada na época dos bondes e da lamparina. Ela está completamente superada. Pela experiência internacional, vemos a enorme distância que nós estamos de países que fizeram as atualizações necessárias, diante de uma economia global, competitiva e altamente tecnológica. É preciso, inclusive, desmistificar o discurso falso, demagógico, ligeiro, oportunista de que a legislação trabalhista atual garante benefícios aos trabalhadores. Mentira! A legislação trabalhista que nós temos hoje estimula, no limite, o desemprego; a baixa remuneração; a baixa produtividade. É urgente e de extrema importância avançarmos sobre esses temas para que o Brasil possa definitivamente virar essa página ao longo deste ano para voltarmos a ter uma situação virtuosa de criação de emprego e de renda.

O conteúdo aqui exposto está franqueado para o uso gratuito da imprensa -- jornais impressos, revistas de informação, telejornais, portais e blogs noticiosos elaborados por jornalistas. Solicita-se que, ao usá-lo, seja concedido crédito para: www.joseanibal.com.br

Outros Vídeos

O inviável e inaceitável custo público do Brasil

José Aníbal participa do programa Roda Viva da Tv…

Previdência e Reforma Política: as prioridades para…

Aumento de impostos é a conta dos privilégios no…

PEC 63 - Fim dos supersalários do setor público

José Aníbal é o entrevistado da semana do "É Notícia"…

Maria Lydia entrevista José Aníbal no Jornal da…

Os impulsos para uma nova onda de renovação