Siga o José Anibal
nas Redes Sociais

Busca

buscar

Newsletter

enviar

Notícias

28/03/2017

PSDB e ITV debatem importância das reformas para o Brasil durante encontro em Natal

Para José Aníbal, País precisa 'encarar as reformas para deixar de patinar'

No último sábado (25), em Natal-RN, o presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), José Aníbal, participou do encontro "A favor das mudanças que o Brasil precisa", evento organizado pelo PSDB-RN em parceria com o Instituto Teotônio Vilela para debater as reformas estruturantes que estão em pauta no País. O encontro também foi um ato de filiação de novos prefeitos de cidades do Rio Grande do Norte ao PSDB.

Estiveram presentes o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, o senador Cássio Cunha Lima (PB), o deputado federal Rogério Marinho – um dos organizadores do evento, além de prefeitos do RN, vereadores, deputados estaduais e lideranças tucanas locais.

Durante sua fala, o presidente do ITV enalteceu o texto de fundação do PSDB, o qual chamou de "programa luminoso", pois já na década de 80 - quando o partido foi fundado -, os tucanos defendiam reformas estruturantes para assegurar o crescimento econômico do País – um cenário que se repete atualmente.

José Aníbal defendeu a realização de mais encontros dessa natureza, até como forma do partido fazer uma autocrítica, resgatar cada vez mais sua origem social-democrata e trabalhar pela aprovação das reformas que darão sustentabilidade ao País.

"Sem as reformas, nós não vamos deixar de patinar. Pedala, pedala e não sai do lugar. A gente precisa encarar as reformas. Mas as pessoas estão dizendo que não são boas. Então, vamos conversar. Mostrar a eles que, para que a Previdência tenha sustentabilidade, nós precisamos reformar a Previdência", afirmou o tucano.

José Aníbal lembrou que o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso implantou reformas essenciais ao estado, como a administrativa e o início da previdenciária, que precisam ser retomadas na atual crise econômica. O tucano disse que o governo FHC foi o que mais assentou trabalhadores rurais, reformou o sistema financeiro e evitou a "quebra do País".

Para Aníbal, além da reforma da Previdência, as reformas da legislação trabalhista e tributária também são fundamentais para o Brasil deixar a crise de uma vez para trás, soltar as amarras do atraso, combater as enormes desigualdades e crescer de forma sustentável, voltando a gerar emprego, renda e melhores condições de vida para a população.

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, também elogiou a iniciativa do PSDB local em promover o encontro. "É importante discutir temas para que o País possa retomar a atividade econômica, gerar emprego, renda e acelerar as reformas, é isso que interessa para a população. Nós chegamos ao fundo do poço. O mundo cresceu no passado mais de 2,2% do PIB mundial, os países em desenvolvimento mais de 4%, e o Brasil com PIB negativo, sem crescer por quatro anos", disse.

Segundo o deputado federal Rogério Marinho, o Brasil precisa empreender com urgência as reformas estruturantes após 13 anos de equívocos, incompetência e corrupção dos governos do PT. "As reformas já foram adiadas por tempo demais. A confiança precisa ser restaurada e a insegurança superada para que forças econômicas possam voltar a investir e a gerar empregos. Afinal, nada é mais urgente em um país que tem mais de 12 milhões de desempregados", afirmou.

Outras Notícias